segunda-feira, 24 de novembro de 2008

A minha lista de presentes...

Cagliari, Sardenha - Agosto 2007.
Foto: Não parece, mas é um relâmpago :) Foi o melhor que consegui apanhar :)

Estamos a chegar à época do Natal e como tal já tenho a minha lista daquilo que quero receber. Visto que já não acredito no Pai Natal (deixei de acreditar o ano passado quando soube que ele estava no Colombo e no Vasco da Gama ao mesmo tempo... Como é que isso seria possível, hein?! Apanhei-vos!), vou antes escrever uma cartinha ao Estado (este sim, dá altos presentes a determinadas pessoas. Vou tentar a minha sorte.).

"Meu querido Estado:

Sei que neste ano que passou nem sempre me portei bem. Mas foram poucas as vezes, ok? Tão poucas que nem se deu por isso! :) Como contribuinte estúpido que sou, paguei todos os meus impostos até ao último cêntimo, aguentei e aguento o preço dos combustíveis ao nível que estão, apesar do petróleo já estar a um terço do valor que estava no Verão. Vejo os governantes do meu país a desbaratar o meu dinheiro em viagens, obras públicas sem interesse, carro de luxo e reformas douradas sem protestar. Também não me chateio (muito) por ver parte do meu dinheiro ir para pessoas perfeitamente capazes mas que preferem não fazer nada da vida e viver do rendimento mínimo do Estado... Por tudo isto, remeto-te a minha pequena e humilde lista de presentes que quero receber este Natal:

- Um banco, mesmo que seja virtual ou fraudulento;
- Um crédito a juros ridículos próximos do zero, de uns 900 milhões de euros... Ok, 500 milhões chega.
- Um pontapé no cú do construtor da minha casa, para ver se ele retoma as obras o mais depressa possível;
- Paz no Mundo e saúde para todos e para mim, para continuar a trabalhar que nem um maluco e que nem um camelo, para te ir enchendo (mesmo que insignificantemente) os teus bolsos furados.

Um grande bem haja.

Atenciosamente,

Carlos Rangel.

P.S - Visto que não tenho chaminé, podes deixar o cheque à entrada do exaustor, ok?

P.S - E não tenhas medo do cão que ele não morde a ladrões."


Um grande beijinho e abraço a todas e a todos!

Hasta!!

10 comentários:

A Ovelha Choné disse...

Pede os 900 milhões, pode ser que ele te ouça e dás-me a mim os 400 milhões que não te fazem falta... é que a mim ele já não me ouve há algum tempo, devo andar a portar-me mal! Ora deixa cá ver, em reposta à tua pergunta:
Hoje, 25 - História Dto Romano;
Sexta, 28 - Dto Constitucional;
Quarta, 3 - Introdução Dto;
Quinta, 11 - Dto Comunitário. Ah pois é, cada um tem o que merece! bjs boa semana

Mnemósine disse...

Então não parece um relampago? Eu acho que sim.

Thunderlady disse...

900 milhões?!?!? Nem quero imaginar para queé que precisas de tanto milhão! ahahah

(Já li as intermitências. Tem um final... "particular" ;))

kel disse...

Adorei a tua carta de Natal... Do mais original e engraçado... Infelizmente o nosso Governo tem destas coisas... Dá-nos vontade de rir!

Beijocas e continuação de boa semana ;)

kel disse...

Ah... Em relação à foto, está espectacular. Mt bem apanhada, ainda que não tenha ficado como esperavas (deduzo pela legenda) está mt boa!

Bjos

alfabeta disse...

ahahahah, está muito fixe!

Nem mais! :)

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Pra que tanta grana?rs!

SC disse...

Bom, ao menos ainda acreditas no governo! ;)

Beijos

SC disse...

(ok, ok, era Estado!)

:)

wednesday disse...

POis... Foste mais inteligente que eu, que escrevi ao Pai Natal e fui muito simplória a pedir... ;)

Espero que recebas o cheque, depois não te esqueças dos amigos blogosféricos. E vizinhos Lumiarenses, se não me estou a enganar.